www.nutricaointeligentesuplementos.com

(34) 3219-0180
<< Página anterior

Alta ingestão de proteínas pode ser prejudicial?

Alta ingestão de proteínas pode ser prejudicial?

Muitas dietas da contemporaneidade que estão na moda como a paleolítica e a dukan privilegiam o alto consumo de proteína e restringem os carboidratos da dieta. Com isso, muitas pessoas começaram a questionar se esse alto consumo de proteínas não poderia ser prejudicial à saúde. Muitos médicos e inclusive nutricionistas que seguem outra linha de pensamento se dizem contra essas dietas de alta ingestão de proteína por afirmarem que o excesso pode trazer riscos à saúde humana, porém, o tema é polêmico e bastante divergente.

 

 

Problemas renais: mito ou verdade

Um dos principais problemas relatados desde muito tempo é que o excesso de proteína no organismo pode sobrecarregar os rins, levando a doenças renais. Entretanto, até os dias atuais não há nenhuma evidência científica com base em pesquisas e constatações que sustentem essa teoria. Na verdade, o que alguns especialistas defendem é que pessoas saudáveis não podem desenvolver problemas renais apenas por ingerir muita proteína, isso apenas ocorre em pessoas que já possuem problemas renais ou predisposição genética para a doença. Portanto, a restrição de proteínas deve ser apenas recomendada para esse grupo de pessoas e não as saudáveis.

Possíveis explicações

As possíveis explicações para os que são contra a alta ingestão de proteína é que os rins eliminam alguns componentes como ureia, amônia e outros resíduos nitrogenados e o consumo elevado de proteína pode causar sobrecarga renal, fazendo com que a função dos rins fique prejudicada. Também se fala muito na sobrecarga do fígado, uma vez que o mesmo é responsável pela metabolização de aminoácidos. Entretanto, poucos são os estudos que analisam possíveis alterações renais associadas à dieta hiperproteica principalmente com relação à proteína animal.

Importância da proteína para emagrecimento

Apesar de ser necessário muitas pesquisas e estudos na área para verificar os efeitos do excesso de proteína à longo prazo no organismo, sabe-se que as dietas ricas em proteína vem conquistando cada vez mais adeptos e resultados satisfatórios quando o objetivo é perda de peso e ganho de massa muscular. Para o emagrecimento, as proteínas desempenham o papel de gerar saciedade no organismo, controlando a compulsão por comida. Para pessoas que desejam aumentar a massa muscular através da hipertrofia, uma dieta rica em proteína também pode contribuir para o fortalecimento e crescimento muscular. A proteína, neste caso, pode ser obtida através de uma alimentação rica carnes, ovos e outras proteínas ou através da suplementação.

<< Página anterior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *