15 de junho de 2021

Presente em alimentos de cores vivas, como cenoura, espinafre, gema de ovo, manga e mamão, a vitamina A tem funções muito importantes para o organismo. Sendo um grande auxiliar na imunidade, crescimento, na visão, produção de colágeno, proteção da pele, fertilidade e renovação celular.

Sendo assim, a falta de vitamina A reflete em diversas questões no organismo, principalmente, porque não é um nutriente produzido naturalmente pelo corpo. Por isso, a deficiência desse nutriente causa danos que, na maioria das vezes, são irreversíveis. Nesse caso, é preciso fazer uma suplementação dessa vitamina e melhorar a dieta.

A seguir, entenda melhor os sintomas decorrentes da falta de vitamina A!

Vitamina A

 

Afeta o funcionamento do sistema imunológico

A falta de vitamina A pode enfraquecer o sistema imunológico. Isso porque o nutriente auxilia no funcionamento das células T, importantes antivirais para o organismo. Dessa forma, o corpo fica mais propenso a infecções bacterianas, virais ou de parasitas, os quais podem afetar principalmente o sistema respiratório.

Dificulta a visão noturna

A deficiência de vitamina A provoca a redução dos níveis de pigmentos dos receptores da retina, conhecido como rodopsina. Sendo assim, quando a visão passa de um ambiente muito claro para um mais escuro, dificulta a adaptação do olho, causando a chamada cegueira noturna, também conhecida como xeroftalmia.

Resseca e enfraquece a pele, cabelo e unhas

A hiperqueratose folicular se trata do entupimento dos folículos pilosos na pele por uma camada de queratina, que pode ser causado pela falta de vitamina A. Isso faz com que a pele fique grossa, áspera, escamosa e ressecada. Inicialmente, se inicia nos antebraços e coxas e depois espalha-se para outras regiões do corpo.

No cabelo, a deficiência de vitamina A leva a queda capilar e ressecamento dos fios, dificultando o seu crescimento. Assim como, a falta do nutriente afeta as células de multiplicação rápida, o que diminui o crescimento e saúde das unhas.

Causa anemia

A anemia é causada pela queda de hemoglobina, que é o pigmento vermelho do sangue. Muitas vezes, a razão disso é a falta de um ou mais nutrientes, como a vitamina A, além do complexo B, ferro e zinco.

Diminui da fertilidade

A vitamina A está associada à fertilidade, tanto feminina quanto masculina. Na gravidez, o nutriente ajuda no desenvolvimento saudável do bebê e da mãe, evitando complicações no processo, como infecções. Sendo assim, abortos espontâneos podem ter relação com a deficiência dessa vitamina.

Atrasa o crescimento

O desenvolvimento de crianças pode ser afetado pela falta de vitamina A. Isso porque o nutriente é muito importante para o crescimento dos ossos. A alteração no paladar e olfato, causado pela deficiência dessa vitamina, contribui para que a criança não sinta fome, interferindo ainda mais no seu desenvolvimento e aumentando a propensão a doenças.

Lembre-se de consultar um médico caso perceba sintomas da falta de vitamina A, principalmente em bebês, crianças e gestantes. Assim, o seu caso será avaliado e, se for necessário, uma suplementação, aliada a alimentação saudável, será indicada pelo profissional.

Este conteúdo foi útil? Então, leia agora “Vitaminas do complexo B: Qual sua importância?

Show Full Content
Previous Zinco: o que é e quais os principais benefícios para o organismo?
Next Canela em pó: o que é e quais os principais benefícios

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

NEXT STORY

Close

ZMA: Que suplemento é esse?

23 de janeiro de 2015
Close