www.nutricaointeligentesuplementos.com

(34) 3219-0180
<< Página anterior

Saiba mais sobre os tipos de Creatina

Saiba mais sobre os tipos de Creatina

Existem inúmeras creatinas disponíveis no mercado e pode parecer difícil escolher a melhor para as suas necessidades e biotipo, porém existem algumas pouco conhecidas ou que podem conter algumas substâncias proibidas em sua fórmula, por isso, abaixo listamos aquelas mais conhecidas e reconhecidas com base em pesquisas e que podem ser consumidas sem colocar sua saúde em risco.

Creatina monohidrato:

É o mais presente em suplementações, sendo que cada molécula contém 88% de creatina e 12% de água. Essa creatina ajuda a melhorar o desempenho e os índices de força e energia nos treinos.

Creatina fosfato:

O fosfato ajuda a proteger o ácido lático e possui 63,3% de creatina e 37,7% de fosfato em cada molécula. Melhora a força, composição corporal e a pressão sanguínea.

Creatina citrato:

É a mais solúvel na água quando comparado às outras. Contém ácido cítrico, o que ajuda a produção de energia muscular. Possui 40% de creatina, o que melhora a resistência e performance dos atletas.

Creatina étil ester:

Creatina monohidrata esterificada com álcool metanol ou etanol, o que possibilita a divisão entre creatina, creatinina e etanol. Essa condição melhora a penetração da molécula de éster nas membranas celulares. Além disso, aumenta mais a massa muscular quando comparado aos outros compostos.

Creatina malato:

Combina creatina e ácido málico. Tem um grande potencial para produção de energia, sendo assim, excelente para melhorar a performance nos treinos.  Por ser solúvel na água permite uma rápida absorção no organismo.

Creatina piruvato:

A molécula combina 68% de creatina monohidratada e 40% de ácido pirúvico. É dez vezes mais solúvel do que os compostos separados, assim, estimulam o crescimento da musculatura e reduzem a gordura corporal.

Creatina gluconato:

Mistura a creatina com a glucose. Os benefícios dessa composição recaem diretamente nos músculos aumentando a absorção de creatina na região.

Creatina alfa ketoglutarato:

Penetra mais facilmente nas móleculas musculares propiciando mais creatina nos músculos, o que melhora a força e desempenho atlético.

Creatina decanato:

É extremamente absorvida e tem uma retenção menor de água. Dissolve-se rapidamente no organismo, promovendo mais energia e resistência.

Hidrocloreto de creatina:

Tem grande solubilidade na água e contém também estabilidade molecular. A porcentagem de creatina no corpo é maior do que quem opta pela creatina monohidratada.

Creatina kre-alkalina:

É a fórmula mais pura da creatina, pois não converte a creatina em creatinina como as outras soluções.

E ai, qual a melhor creatina para seus treinos? Deixe seu comentário e não deixe de conferir a Creatina em nossa loja!

<< Página anterior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *