31 de julho de 2021

A vitamina E, também conhecida como tocoferol, é um tipo de nutriente lipossolúvel, o qual precisa de gorduras para ser absorvido pelo corpo. Ela desempenha funções fundamentais para a manutenção do organismo, ajuda no desempenho do sistema imunológico, entre outros benefícios.

Por ser lipossolúvel, torna-se necessário a ingestão de gorduras boas no dia a dia para que a vitamina E tenha o efeito desejado no corpo. Pensando nisso, separamos as principais informações sobre os alimentos com esse nutriente e seus benefícios para a saúde. Acompanhe a seguir!

 

Vitamina E

O que é vitamina E e quais os seus benefícios?

A vitamina E é um nutriente essencial, natural da pele, principal componente solúvel em gordura e pode ser encontrada em diversos alimentos. Sendo assim, a vitamina promove muitos benefícios para o corpo, interna e externamente, desde que aliada a uma dieta balanceada com gorduras boas. Veja os principais, a seguir:

Melhorar a imunidade

O fortalecimento do sistema imunológico é um dos principais benefícios da vitamina E para o corpo. O motivo é que a ação antioxidante tem um papel fundamental no combate de radicais livres, os quais contribuem para uma resposta negativa à resistência a agentes patógenos. Ou seja, o nutriente ajuda a prevenir infecções por vírus e bactérias.

Ação antioxidante

A vitamina E tem como principal função a sua forte ação antioxidante, ou seja, ajuda no combate aos radicais livres que podem prejudicar as células. Com isso, ele tem um papel importante na prevenção de doenças cardíacas e degenerativas, por exemplo.

Previne pré-eclâmpsia

A pré-eclâmpsia é quando a gestante sofre com elevação da pressão arterial, que no geral, ocorre pelo estresse oxidativo aumentado na placenta, após a 20ª semana da gravidez. Dessa forma, a vitamina E tem um papel muito importante na prevenção dessa doença.

Contribui para saúde do coração

A vitamina E ajuda a melhorar a função cardíaca ao relaxar os vasos sanguíneos. Isso acontece porque há a formação de substâncias que ajudam a obstruí-los. Além disso, o nutriente é capaz de controlar os níveis de colesterol e diminuir os riscos de trombose.

Combate a infertilidade

A ingestão de vitamina E contribui na melhora da qualidade do esperma, o que aumenta a performance dos espermatozoides nos homens. Sendo assim, o nutriente é capaz de diminuir a probabilidade de mutação e auxilia na produção de hormônios importantes na fertilidade masculina.

Ajuda na saúde da pele e cabelo

Esse nutriente colabora para a saúde da pele. Isso porque sua ação antioxidante ajuda a combater os radicais livres no tecido, os quais são provocados pelos danos causados pelo sol, que acabam esgotando a capacidade natural da região em combater o envelhecimento precoce. Com isso, a vitamina E aumenta a firmeza da pele, previne o surgimento de rugas e melhora a cicatrização.

Nos cabelos, a vitamina E tem um papel importante na integridade das fibras capilares e aumenta a circulação sanguínea do couro cabeludo, dando brilho e firmeza aos fios. Em casos de alopecia, a falta desse nutriente é uma das principais características dos pacientes, por isso, é recomendado a suplementação ou consumo de alimentos para repor esse componente.

Quais alimentos ricos em vitamina E?

Confira os principais alimentos ricos em vitamina E, inclua-os na sua dieta e aproveite os benefícios que o nutriente pode promover na sua saúde!

1. Mamão: fonte de vitamina E e outros nutrientes como a vitamina C, cálcio, ferro, potássio e minerais. Esse alimento ajuda a deixar a pele mais saudável e bonita, além de fortalecer o sistema imunológico;

2. Hortaliças de folhas verdes: esses alimentos são muito importantes na alimentação diária, sendo recomendado até pelo Ministério da Saúde. Além da presença de vitamina E, eles contam com potássio e têm papel fundamental no bom funcionamento do sistema nervoso;

3. Pistache: é um alimento com alto poder antioxidante, o que previne doenças cardíacas e neurodegenerativas, além de ser rico em fibras, por isso, está associado a boa digestão;

4. Leite: a vitamina E do leite e os ácidos graxos presentes na gordura do leite promovem diversos benefícios para a saúde do coração e ajuda a reduzir a formação de placas no sangue;

5. Castanha-do-pará: fonte de vitamina E, selênio, magnésio e fósforo, a castanha-do-pará é um alimento importante na proteção das células, prevenção de doenças na bexiga e no desenvolvimento de ossos e dentes.

6. Gema de ovo: forte aliada para a saúde, a gema de ovo ajuda no equilíbrio da glândula tireoide e tem uma importante participação nas funções do metabolismo do corpo;

7. Abacate: considerada como uma gordura boa, essa fruta é rica em vitamina E, A, complexo B, ferro, fósforo e cálcio. Esses nutrientes ajudam a prevenir diversas doenças cardiovasculares e no controle dos níveis glicêmicos, que juntos atuam a favor do bem-estar;

8. Óleos vegetais: além da vitamina E, os óleos vegetais, geralmente, são ricos em ômega-3, 6, 7 e 9, os quais são responsáveis pela manutenção e formação das membranas celulares;

9. Amêndoas: entre os nutrientes oferecidos pelas amêndoas, estão as fibras, proteínas, vitaminas (incluindo a E), minerais e gorduras boas. Sendo assim, ela oferece benefícios como a prevenção de doenças como o câncer e diabetes, melhora a saúde dos ossos, aumenta os níveis de energia e contribuir para a saúde do cérebro;

10. Amendoim: Além de ser um alimento saboroso e muito presente no dia a dia, o amendoim é rico em vitamina E, minerais e proteínas, os quais aumentam a performance da memória, fertilidade feminina e previne doenças no coração;

11. Gérmen de trigo: é um alimento que fornece proteínas e vitaminas para o organismo, o que ajudam no controle nos níveis de colesterol;

12. Nozes: fonte de gorduras boas para o corpo, rica em vitamina E, ômega 3 e 6. Promove o bom funcionamento do sistema cardiovascular, melhora a imunidade, a cicatrização, fortalece os ossos e combate o envelhecimento precoce;

Como e quando consumir alimentos ricos em vitamina E?

A vitamina E é um nutriente fundamental para o bom funcionamento do organismo. Sendo assim, o seu consumo em quantidades controladas é importante para aproveitar todos os benefícios que ela oferece. Portanto, adquira na sua alimentação diária pelo menos 3 tipos de alimentos fonte de vitamina E, em diferentes horários no decorrer do dia.

Por fim, sempre consulte um médico especialista para entender suas necessidades nutricionais. Dessa maneira, você poderá fazer a suplementação alimentar e adequação da dieta para repor exatamente o que seu corpo precisa, mantendo a saúde sempre em dia!

Gostou deste conteúdo? Então, leia também “Quais vitaminas e minerais são essenciais para aumentar a imunidade?”.

Show Full Content
Previous Spirulina: o que é e quais os seus benefícios?
Next Vitamina C: podemos tomar todos os dias?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

NEXT STORY

Close

Saiba combater a deficiência de cálcio com suco!

29 de julho de 2016
Close